Notícias
Artigos
05
Nov
2018
Por que a Segurança de TI é Fundamental Para Empresas de TI Geograficamente Distribuídas

Por que a Segurança de TI é Fundamental Para Empresas de TI Geograficamente Distribuídas

Gerenciar um negócio, seja ele pequeno, médio ou grande, não é tarefa simples. Agora imagine gerenciar uma empresa geograficamente distribuída por diversas regiões do mundo, onde é preciso haver total sintonia entre matriz e filiais. Definitivamente não é nada simples!

A boa notícia é que a tecnologia da informação existe para ajudar neste e em outros desafios com os quais corporações de todo o mundo se deparam diariamente. Com soluções que já existem atualmente disponíveis no mercado, é possível garantir o sucesso de todas as filiais, de modo a estar atento aos números do negócio como um todo, através do acompanhamento de KPIs fundamentais em tempo real.

E nós, como especialistas nesse mercado, vemos muitas empresas que cometem erros básicos, como: gastar altas cifras em sistemas que auxiliam na gestão do negócio, porém não possuem capacidade de garantir a qualidade de conexão entre as unidades.

Para garantir essa boa conexão, é essencial investir na implementação de uma rede particular virtual, ou seja, uma VPN (Virtual Private Network). Essa tecnologia é utilizada para trafegar dados entre dois locais distintos usando uma conexão de internet. Além da agilidade obtida com a utilização de uma VPN, os dados são criptografados em seu ponto de origem e descriptografados no de destino, garantindo os altos níveis de segurança que uma conexão desta natureza exige.

Com uma VPN uma filial consegue acessar de forma imediata os sistemas da matriz para realizar operações rotineiras como emissão de notas fiscais e verificação de produtos em estoque, por exemplo. Em outras palavras, é o fim das informações desatualizadas circulando na empresa e/ou nas reuniões, e o início de uma assertividade muito maior na tomada de decisões com dados atualizados em tempo real.

Outro ponto, sobre o qual já falamos bastante no nosso blog, é a proteção de todo o perímetro da empresa – neste caso da matriz e das filiais – sem perder de vista o que realmente importa: atuar de maneira proativa, impedindo que ameaças entrem na rede, e não atuar nelas quando já estiverem dentro da empresa. Para isso, é muito importante que a empresa possua soluções de ponta, que estejam aptas a verificar constantemente todo o perímetro.

A famosa dupla antivírus e firewall não pode faltar. Apesar de serem soluções básicas de segurança, elas fazem toda a diferença na proteção de uma rede corporativa – tanto no sentido de evitar que ameaças se infiltrem na rede, quanto que as que já estiverem dentro, sejam eliminadas com o menor prejuízo possível. Quando coloca-se um firewall em cada ponta, ou seja, o local de destino e o de origem da informação, gera-se uma informação criptografia dos dados para que estes possam navegar sem riscos de serem perdidos, interceptados ou contaminados.

O filtro de conteúdo é outro aliado importante quando o assunto é gestão eficiente entre matrizes e filiais, pois auxilia os gestores a impedirem navegações prejudiciais tanto ao desempenho dos funcionários, quanto no sentido de acesso a sites maliciosos que podem representar altos riscos de segurança para a rede corporativa e queda de banda – sejam esses acessos propositais ou não.

Por fim, quem acompanha o nosso blog sabe que hoje em dia não é preciso muito para possuir todas essas e mais algumas soluções dentro da empresa, com uma tecnologia de ponta para garantir o bom andamento e segurança das operações.

O Firewall UTM, evolução do firewall tradicional que todos conhecemos, é a solução. O seu grande diferencial perante qualquer outra solução de mercado, é o fato de unir diversas ferramentas importantes de segurança de rede em um único appliance. Com isso, facilita-se a implantação, a gestão e potencializam-se os resultados de segurança, uma vez que todas as ferramentas trabalham juntas e sincronizadas.

Fonte: http://ccom.com.br

Redação

Comente essa publicação