Notícias
>> Artigos
20
Jan
2020
Estudo Revela Apostas Para o Marketing Digital em 2020

Estudo Revela Apostas Para o Marketing Digital em 2020

"Conhecer dados e detalhes sobre tendências e apostas, principalmente em segmentos dinâmicos como o marketing digital, é um dos detalhes que antecipam uma estratégia assertiva. Alguns estudos podem ajudar os profissionais do mercado neste sentido. Em parceria com a Social Media Week, a Mlabs, empresa especializada em gerenciamento de redes sociais, desenvolveu a pesquisa "Perspectivas – Mercado Digital 2020". Para chegar aos resultados da amostra, o estudo ouviu 337 participantes inscritos no Social Media Week São Paulo entre os dias 24 de setembro e 19 de novembro. Dos profissionais entrevistados, 68,2% participam diretamente do processo de decisão da compra de produtos e serviços digitais em suas empresas, entre anunciantes, agências de publicidade ou produtoras de conteúdo.

Seja com relação a aumentar os investimentos ou em outros casos começar a aportar recursos, as tendências apontam alta para três plataformas no topo desse ranking: Linkedin (73%), Instagram (70%) e Youtube (68%). "Em termos de canais, sem dúvida o Linkedin é uma oportunidade e tem pouca gente produzindo conteúdo nesta rede – só 3% da base de usuários ativos. Isso faz com que o alcance do conteúdo seja maior. Sem contar que 45% dos leitores são pessoas ou profissionais de alto nível, como CEO, diretores e VPs", afirma Rafael Kiso, fundador e CEO do Mlabs.

O profissional também acrescentou que Instagram e Youtube continuam no topo das tendências, a exemplo do estudo realizado em 2019, mas chama a atenção para queda de intenção de investimentos declarada pelos entrevistados com relação ao Facebook. Por outro lado, entre as plataformas que as empresas pretendem entrar em um futuro próximo, os maiores índices de aposta são de TikTok (26%), Spotify (21%) e Pinterest (20%). "O TikTok é interessante por ter uma proposta bastante nova, mas outro ponto importante é a relevância que Spotify ganhou para as marcas com o formato podcast, que entra como uma das grandes apostas para 2020. O Brasil conta com 34 milhões de ouvintes mensais, mais as empresas ainda utilizam pouco a plataforma", analisa Rafael.

 

1-2.jpg

Quando o assunto é a estratégia digital, as maiores tendências estão centrada em SEO (69%), Branded Content (67%) e Content e Social Ads (60%). Para o CEO da Mlabs, esse recorte do estudo é um indicativo de que a maturidade do mercado brasileiro no meio digital ainda está saindo do básico para o médio. "Assusta um pouco falar sobre SEO como tendência em 2020. Na minha opinião, a maioria das empresas deveria estar fazendo isso faz tempo e manter seus investimentos, não investir mais", acredita. As apostas maiores são em estratégia são Gamificação (15%), Omnichannel (14%) e Marketing de Causas (12%).

Entre as metodologias, as maiores tendências são o maior investimento em Acessibilidade Digital (70%), Inbound Marketing (68%) e Design Thinking (66%). Apesar de destacar a importância da acessibilidade, Rafael aponta esse como um grande desafio para todo o mercado. "Não é simples fazer com que o seu site ou app se torne acessível. É preciso mudar código, alterar a interface, porém, temos milhões de deficientes visuais no país que são desassistidos", alerta.

2-2.jpg

Por fim, como tecnologia, as maiores tendências em termos de investimento estão centradas em Monitoramento (69%), Inteligência Artificial (66%) e Apps Mobile (61%). "Falando sobre Inteligência Artificial, incluindo AIoT, está se tornando claro como a ferramenta pode ser usada em favor dos negócios, mas ainda é algo que fica mais restrito ao conhecimento da equipe de tecnologia e menos do marketing. É um desafio do time de marketing entender um pouco mais sobre AIoT para criar experiências de marca mais efetivas", finaliza o CEO da Mlabs."

Crédito da imagem de topo: iStock-Chainarong Prasertthai

Fonte: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2020/01/15/estudo-revela-apostas-para-o-marketing-digital-em-2020.html

Renato Rongenski

Comente essa publicação