Notícias
Artigos
20
Mai
2019
Coaching para Profissionais da Tecnologia da Informação

Coaching para Profissionais da Tecnologia da Informação

Por isso, não basta ser bom em dados e informações, outras habilidades são necessárias para o bom desempenho desse profissional, como:

  • Visão de Negócios;
  • Gestão de Projetos;
  • Relacionamento interpessoal;
  • Pensamento Criativo;
  • Liderança;
  • Capacidade de questionamento;
  • Pensamento Analítico.

Essas e muitas outras capacidades podem e são altamente desenvolvidas pelo processo de coaching. Muitos profissionais da área imaginam que não precisam se relacionar com pessoas ou envolver-se com elas para realizar seu trabalho, uns ainda, escolhem a profissão justamente por esse motivo. Mas não é possível existir uma profissão que isente o profissional de ter e manter boa comunicação e bom relacionamento.

Ferramentas de Coaching para Profissionais da TI

Potencializar e desenvolver habilidades são uma das maiores funções do processo de coaching, e para um profissional de TI com dificuldades de relacionamento ou de comunicação,proporciona benefícios incríveis na carreira desse profissional.

Vamos descrever algumas ferramentas tomando como exemplo algumas das capacidades citadas.

Pensamento Criativo

Pode ser trabalhado em coaching através da Arte de Cocriar. Esse é um conceito muito forte dentro processo e que o profissional de TI pode e deve utilizar para ter ideias, sugestões e atender as necessidades do seu cliente. Assim, podem construir juntos, um projeto que seja criativo e assertivo.

Nesse processo ocorre uma grande troca de energia, promovendo altos níveis de motivação em todos os participantes, profissionais e clientes. O processo tem como base três passos:

  • Proporcionar um ambiente seguro. As pessoas precisam se sentir seguras para expressar sentimentos, pensamentos e ideias.
  • Garantir que todos estejam abertos e preparados para receber todos os tipos de pensamentos e ideias sem julgamento, como num brainstorming.
  • Criar atividades geradoras de energia, como desafios, solução de um problema, um novo sistema de informações. Algo que estimule os presentes a participarem, não só falando como ouvindo com aceitação incondicional.

Gestão de Projetos

Entre tantas ferramentas de planejamento, construção de rota de ação entre outras funções, uma das que ajudam muito o profissional de TI é o PDCA. Um processo de gestão, tanto pessoal como técnico, que quando utilizado ajuda o profissional a estar alinhado com os objetivos e necessidades do seu cliente. Ele promove conexão entre o trabalho do profissional de TI e o cliente, pois quando cada etapa é realizada e compartilhada, o trabalho se torna mais consistente.

  • Plan: nessa etapa os objetivos são traçados pelo profissional com seu cliente. Onde se quer chegar com o Trabalho?
  • Do: primeira fase de execução do trabalho, onde os planos são colocados em prática.
  • Check: a etapa em que o projeto é conferido e compartilhado com o cliente, onde juntos – o profissional e o cliente – fazem a conferência e alinhamento de expectativas. É nesse momento em que o poder de questionamento também é extremamente útil.
  • Act: agir e corrigir é o objetivo dessa etapa. O Profissional de TI concretiza seu projeto.

Capacidade de questionamento

Questionar é uma ferramenta poderosa de praticar perguntas eficientes, elas são a alma de um bom processo de coaching. Entre tantas podemos citar a técnica “E o que mais?”. Utilizada para aprofundar algo, transformar respostas automáticas em reflexões e informações profundas.

Por exemplo:

  • TI: Para que precisa do sistema?
  • Cliente: Para controle do pessoal.
  • TI: E o que mais?
  • Cliente: Gerir férias, apontamentos de cartões, pagamento de benefícios.

Além dessas ferramentas, muitas outras são imprescindíveis para impulsionar a carreira de qualquer profissional de TI. 

 

Fonte: IBC

José Roberto Marques

Comente essa publicação